Blog do MAZEzito

 

 
Fiz este caminho na última semana de Junho de 2012 foram cinco dias de extrema alegria que não sei como explicar, passei por belíssimas vilas, grandes montes e campos verdejantes, caminhei junto a costa da morte fiz amizades que ficarão sem dúvida para sempre no meu coração…
De Santiago a Muxia e por fim ao fim do mundo como é conhecido Finisterra consegui juntar tudo em 8 minutos num filme de mazezito.com
Foi um grande Caminho que já mais esquecerei…

 

Este vídeo serve para pensar – pensar que os meus caminhos são feitos por trilhos de terra, pelo meio dos campos, por caminhos de pedras soltas e pontes feitas de troncos e não pela N550, que o meu ar condicionado é o azul dos céus, a água dos riachos e a chuva que cai quando menos se espera, que os meus hotéis são os refuxios de peregrinos ou, quando não os há, qualquer palheiro ou telheiro onde estender o saco-cama, que duche ou jacuzzi não me fazem qualquer falta enquanto houver chuva e ribeiros, que os meus restaurantes são bocadillos de bom pão galego com um qualquer embutido comprado numa lojeca de aldeia, que a minha companhia no caminho, além de outros peregrinos de todas as nacionalidades e credos, com quem nunca se discute mas tudo se partilha, até a vida, são os pássaros, os cães que caminham alegremente a meu lado, que chego a Muxía e se não abalo a pedra, é a pedra que me abala, que ao chegar a Fisterra e ao olhar o mar sinto que nada termina ali mas tudo começa de novo. Moitas grazas por compartirlo, Compañeiro Maze Zito! Ultreia!

Luiz Gaspar in Facebook

 

 

Leave a Reply

Este Blog é da autoria do MAZE. Tema criado de raiz por MAZE.
Copyright © Blog do MAZEzito. All rights reserved.